26 de maio de 2011

A NOVA CAPITAL DO BASQUETE


Se o futebol de Brasília está em uma situação tão crítica, decadente e constrangedora, o basquete da capital federal aparece como uma fuga para os brasilienses que, há tempos, aguardavam momentos de felicidade e orgulho adquiridos através do esporte local. Qual o rumo que o mundo esportivo do Distrito Federal vai tomar, eu não sei, pois só posso dizer o que eu vi na final do Novo Basquete Brasil...



Eu vi quase 20 mil pessoas trocarem todos e quaisquer compromissos para acompanharem quatro quartos de 10 minutos.



Eu vi mulheres e idosos torcerem como se fosse uma final de Copa do Mundo de futebol, comemorando efusivamente a cada cesta.



Eu vi torcedores gritarem e reclamarem com o juiz, mesmo sem ter a menor idéia do que significavam os gestos que ele fazia.



Eu vi uma multidão bater aquelas “baguetes” de plástico, que são mais insuportáveis do que a vuvuzela, com um só objetivo: apoiar o time.



Eu vi o brasileiro ser o mais brasileiro possível, saindo de uma final de campeonato com latinhas de cerveja na mão e buzinando feito loucos.



Eu vi, em um ato de previsão futurística, o que está por vir: uma imensidão de crianças que, por causa de um simples título, vão passar a sonhar além dos gramados e dos gritos de gol.



E por fim, eu vi o dia em que a bola laranjada triunfou e que a capital do rock, dos políticos corruptos e do céu divino, se tornou, também, a CAPITAL DO BASQUETE!



Leia Mais…

18 de abril de 2011

BREVITAS: MUITO ALÉM DO ÚLTIMO SUSPIRO

Morreu? Não deu tempo de se despedir de quem você ama? Volte no tempo e se cadastre no site Brevitas ora bolas!


Imagina ter a chance de se despedir de alguém mesmo depois da morte. O site Brevitas é um serviço especial que serve para preparar as pessoas para o inesperado, oferecendo a oportunidade de deixar recados, revelações que julgava ser comprometedoras, declarações de amor ou até cobranças daquela pessoa que achou que iria se livrar com a sua morte. Esse novo tipo de “seguro” tem angariado inúmeros adeptos que pagam mensalmente pela certeza de que as pessoas que ama vão ouvir uma palavra final e mais agradável. Porém, há controvérsias e nem todas as pessoas desejariam desenterrar o passado dessa maneira.



Um desentendimento com a família foi o ponto de partida. Depois de discutir com os pais, o empresário Luiz Gigante saiu de casa irritado e acabou sofreu um sério acidente de carro, onde teve que ser socorrido pelo resgate em meio às ferragens. Do momento desse susto até o dia em que saiu do hospital, o empresário só tinha uma coisa na cabeça. “Eu só conseguia pensar na briga que tive com meus pais, em pedir desculpas pelo que disse ou dizer que os amo, pelo menos. Se tivesse acontecido algo pior comigo essas coisas importantes ficariam para trás”, explicou. E dessa própria angústia de se preparar para o inesperado surgiu o Brevitas.



Não deixa o destino te privar de expressar seus sentimentos”. O slogan do site é auto-explicativo. O nome também. Brevitas significa brevidade em latim. De acordo com Luiz, o objetivo primordial do site é registrar esse sentimento e apresentar da forma mais adequada aos familiares ou amigos de quem partiu. “O serviço foi criado pensando inteiramente na sua tranquilidade. Por isso, não poderíamos deixar de pensar também na facilidade e simplicidade do seu uso”, afirma.



PLANOS



São quatro tipos diferentes de planos. O gratuito, que permite somente o uso de mensagens de texto; o básico, que custa R$ 19,90 ao ano e tem todos os recursos, mas com quantidade limitada; o Brevitas 1, no valor de R$ 49,90 ao ano onde o contratante pode deixar gravadas diversas mensagens de texto, vídeo ou voz; ou o Brevitas 2, que por R$ 79,90 ao ano permite que o usuário grave quantas mensagens quiser. Esse plano ainda tem a quantidade de destinatários e bens virtuais ilimitados.



Os bens virtuais são todas as contas e cadastros existentes na internet. Se você sempre se perguntou o que seria dos seu e-mails, blogs, sites e redes sociais após sua morte, adicionalmente, o serviço Brevitas permite, ainda, que o cliente decida o que fazer com esses bens virtuais após o dia fatídico. É possível transferir um blog ou site para alguém continuar o trabalho que você começou, incluir um novo status ou mensagem no perfil, alterar a foto de perfil para uma outra mais adequada, desabilitar as contas que não são importantes e etc. Essa é uma ótima oportunidade para você deixar pronta a sua twitada final e anunciar sua “partida” em apenas 140 caracteres.



CURIOSOS AINDA TRIUNFAM



Com menos de um mês de existência, o site já possui mais de 200 clientes cadastrados. Segundo Luiz, o número de clientes cresce 7% a cada dia, mas isso também se deve a curiosidade das pessoas, que querem, na verdade, ver como o serviço funciona. Para esses, existe o plano gratuito, o mais procurado por enquanto. “Oferecer pacotes gratuitos tem suas vantagens. Desta forma o serviço consegue ter uma visibilidade muito maior e atingir mais pessoas. Além de que assim as pessoas possam conhecer e entender este novo conceito e enxergar o valor do serviço que oferecemos”, disse. Apesar de não ter custo algum, esse pacote também oferece o funcionamento normal e suporte completo, limitando somente a quantidade e tipo de mensagem.



De acordo com uma pesquisa que foi realizada para saber o perfil dos primeiros clientes, a idade média dos cadastrados é de 35 anos, sendo que 55% são homens e 45% mulheres. Um dado curioso é do estado civil da maioria dos clientes, pois os solteiros(as) representam metade dos cadastros atuais, enquanto 30% são casados(as) e 20% divorciados(as) ou viúvas. Ou seja, parece que os solteiros têm mais coisas para dizer do que os casados.



Para o fotógrafo, Thiago Monteiro a oportunidade é única e vale a pena. “Ter a oportunidade de dizer adeus para as pessoas importantes na minha vida não tem preço. Sem contar que posso revelar um sentimento guardado para os familiares que estão há quilômetros de distância”, ressalta. Já a secretária Danyelle Amaral, acha que tudo o que tem que ser dito em vida. “Esse negócio de ficar revivendo o passado pode até deixar as pessoas que amam ainda mais tristes. Acho que não adianta muito”, comenta.



PRIVACIDADE MESMO APÓS A MORTE



Quando se trata da intimidade de uma pessoa, uma das principais preocupações que se deve ter é a garantia de privacidade e segurança, tanto dos dados pessoais como do conteúdo armazenado. Por esse motivo, é utilizado um certificado de Validação Avançada verificado pela GlobalSign, empresa de segurança virtual conhecida mundialmente. Com essa tecnologia, todas as senhas e mensagens cadastradas são imediatamente criptografadas pelo sistema, bloqueando a possibilidade de qualquer outra pessoa conseguir acessá-las. Até mesmo as pessoas que controlam o site, só tem acesso às informações no momento certo (momento para eles é o momento mais errado para você: sua morte)!



COMO FUNCIONA (PASSO A PASSO):



1° passo: Efetuar o cadastro no site www.brevitas.com.br informando um usuário e senha que servirão para acessar a área restrita, onde ficarão armazenados as mensagens, os verificadores, os contatos destinatários e os bens virtuais.



2° passo: Escolher o plano mais adequado aos seus interesses.



3° passo: Criar as mensagens utilizando os recursos que o site desenvolve. Com um editor de texto é possível criar mensagens personalizadas com recursos avançados, utilizando o microfone é possível gravar mensagens de voz e através de uma webcam pode-se gravar um vídeo do jeito que preferir...



4° passo: Morrer. Quando chegar esse momento, o site será encarregado de enviar todas as mensagens cadastradas aos destinatários correspondentes. Neste momento, também é iniciado o trabalho nos bens virtuais, conforme os desejos requeridos.



Gostou? Passou dos 50 anos e os pensamentos sórdidos sobre sua própria morte passaram a ser mais frequentes? Acesse: http://www.brevitas.com.br

Leia Mais…

7 de abril de 2011

GAROTA DE PROGRAMA AVALIA O FILME "BRUNA SURFISTINHA"

Sim, o Palhaço Nostálgico foi ao cinema com uma garota de programa para ela comentar, analisar e apontar as semelhanças entre o filme e a sua vida..! O filme Bruna Surfistinha, estrelado por Deborah Secco, vem alcançando um sucesso gigantesco. Desde sua estreia, no dia 25 de fevereiro, o longa já arrecadou cerca de R$ 18 milhões e ultrapassou a marca de 2 milhões de espectadores. Na trama, baseada na vida da ex-garota de programa Raquel Pacheco, drogas, promiscuidade e violência se alternam em mundo repleto de luxo, glamour e poder. Mas será que a vida de alguém que segue o mesmo caminho da personagem se assemelha com a história contada no cinema? Para tirar essa e outras dúvidas, eu acompanhei uma garota de programa em uma das sessões do filme. A acompanhante topou fazer as análises e os comentários pertinentes, se baseando na própria história e em tudo o que vê a seu redor.



O salto alto, a maquiagem e as joias escancaram uma mulher confiante. O corpo definido demonstra a preocupação exacerbada com o físico, sua principal arma de sedução. Assim é Laura, acompanhante de luxo que já trabalha no ramo há quase dez anos, quatro deles, em Londres, cidade onde morou algum tempo. Em seu site, praticamente todo em inglês, a descrição que ela mesma faz do serviço que oferece é curta e clara. “Meu atendimento é vip e personalizado. Não estou disponível para muitos, pois prefiro manter um grupo seleto de amigos. Se demonstrar interesse em um encontro seja o mais específico possível”, salienta. Laura afirma que o filme retrata uma verdade, mas não a verdade absoluta. “Cada caso é um caso. Não podemos generalizar e falar que todas passam pelas mesmas coisas, mas muitos dos elementos mostrados é a mais pura realidade”, destaca.


"Fazer programa é um hobby para mim”


No auge da carreira, Laura chegou a esbanjar: ganhava até 10 mil libras por mês, (em torno de R$ 26 mil reais). Sem precisar se preocupar com dinheiro, ela acabou se acostumando com o glamour que uma vida como essa proporciona, mas sempre se atentou para não deixar isso subir a cabeça, como ela acredita que aconteceu com Bruna. “Acho que eu não deixei o glamour me consumir porque, quando comecei, não era mais tão jovem. De qualquer forma, é difícil abrir mão disso depois que se tem uma prova”, argumenta a acompanhante.



Assim como a personagem do filme, Laura também resolveu deixar sua confortável vida de classe média para se transforma em uma garota de programa, pois se sentia incompreendida e queria se tornar independente. Porém, ao contrário de Bruna, ela não decidiu levar essa vida enquanto era adolescente, mas só depois de completar 30 anos de idade. “Não é comum começar nessa idade, mas foi na época em que eu percebi que tinha que mudar minha vida”.


Apesar de não se sustentar mais só dos programas que faz, a garota de programa assume que vive muito bem financeiramente e interpreta os programas como um simples passatempo. “Hoje em dia, eu faço faculdade, tenho outros trabalhos e encaro esse serviço mais como um hobby”, explica. Ela cobra de R$ 400 a R$ 1,5 mil por programa e tem uma média de três encontros por semana Hoje, seu maior meio de divulgação é a internet. Apesar de não ter se tornado uma celebridade do mundo virtual como Rachel Pacheco – que contava suas noites íntimas através de um blog – a brasiliense também usa a internet para se promover. “Já participei de um site conhecido no Reino Unido e considero o meio muito importante. Definitivamente, internet é o que há”, conclui Laura.


Sexo e drogas... e mais drogas.


No filme, a cocaína é consumida diversas vezes. Laura assume que é algo comum. “Não tem como negar que a droga está presente nessa rotina. Eu mesma já experimentei muita coisa”, revela a acompanhante. Já o uso de preservativo não é reforçado no filme. Em uma cena de alguns segundos, Bruna é mostrada enquanto abre uma camisinha. Sobre isso, Laura disse que deixar o acessório de lado não é comum, mas acontece. “Eu já deixei de usar pelo menos umas três vezes”, confessa.



O perigo de amar e ser amada...



Bruna Surfistinha teve casos que se prolongaram por conta de alguns clientes apaixonados. Presentes, jantares e até mesmo dinheiro foram oferecidos com o objetivo de tirar a mulher daquela vida. Pode até parecer ficção, mas não é. Laura garante que também já houve casos em que clientes confundiram o trabalho com amor. “Um senhor chegou a me sustentar. Ele me dava tudo do bom e do melhor. Assim, eu nem precisava trabalhar”, conta. Depois de adquirir um certo status, a acompanhante vip decidiu investir em si própria. Já é formada e está cursando a segunda graduação. “No fim do filme a personagem fala que, depois de tudo, passou a se conhecer muito mais. Nisso eu concordo plenamente. Tudo foi parte de um processo de autoconhecimento e hoje eu não me arrependo de nada. Adoro o que me tornei e só me tornei o que sou por tudo que passei”, finaliza.



Se você ficou curioso e deseja conhecer uma pessoa assim, procure entre as profissionais do ramo, pois quem sabe você não encontra uma versão diferentemente similar da Bruna Surfistinha...



*Matéria publicada no Jornal Alô Brasília

Leia Mais…

22 de março de 2011

PALHAÇO NOSTÁLGICO NO DIA MUNDIAL DA ROUPA DE BAIXO

video

"É UM COULÍLIO PUS NOSSOS OLHOS"

E olha que eu ainda mantive a postura hein?/ rs

Leia Mais…

19 de janeiro de 2011

ENCHENTE DE HIPOCRISIA

Não é de hoje que podemos constatar que, no Brasil, a catástrofe e a hipocrisia andam de mãos dadas. Uma semana após a tragédia no Rio de Janeioro e eu ainda estou impressionado como o brasileiro só faz as coisas por pressão. Só rende, evolui e produz por pressão! O que eu estou vendo de pessoas “engomadinhas” querendo doar para aparecer ou simplesmente para dizer que acertou as contas com o cara lá de cima não caberiam nas linhas propostas para protesto silencioso.


Vejam bem, esse desastre foi algo indiscutivelmente triste e que precisa da reflexão de todos. Mas essa tragédia só fez milhares de pessoas ficarem iguais a outros milhares espalhados por esse Brasil a fora. Será que precisa acontecer algo de proporções tão grandes para o brasileiro abrir os olhos para enxergar e as mãos para estender à pessoa ao lado que clama por socorro?


No desastre que aconteceu em Santa Catarina no ano de 2008, por exemplo, a Defesa Civil calculou que foram doados aos flagelados pela chuva 4,3 milhões de quilos de alimentos, 2,5 milhões de litros de água, brinquedos, materiais de limpeza e de uso pessoal e um milhão de quilos em roupas e sapatos! Dinheiro? 33 milhões de reais! (pelo menos)


Já no caso do Rio de Janeiro, não está sendo diferente, a comoção também é enorme, e ricos e pobres doam seu tempo, seu dinheiro e seu suor para as vítimas das cidades atingidas pela chuva. O que eu acho disso? A hipocrisia escancarada e assumida! Claro que o que ocorreu em Santa Catarina e no Rio de Janeiro merece todo o apoio do nosso povo, mas são em horas assim que fico pensando: onde estava toda essa gente solidária antes disso, e aonde vai estar depois?



RJ: Cerca de 25 mil desabrigados e desalojados. 513 desaparecidos, mais de 800 ÓBITOS e o número não pára de crescer.



BRASIL: MILHÕES de desabrigados, desalojados, desaparecidos, mendigos e miseráveis morrendo todos os dias!



Conclusão Moral:
Ajude o Rio de Janeiro! Mas também ajude a Bahia, Ceará, São Paulo, Piauí..................

Leia Mais…

19 de outubro de 2010

MÚSICAS - PROGRAMA ORÁCULO

ALGUMAS PARÓDIAS QUE COMPUS E CANTEI AO VIVO NO PROGRAMA ORÁCULO DA JOVEM PAN FM! (SÓ QUEM ACOMPANHA O PROGRAMA VAI ENTENDER, ENTÃO, SE VOCÊ NÃO ACOMPANHA O ORÁCULO DE SEGUNDA À QUARTA ÀS 10 HORAS DA NOITE, CLIQUE AQUI QUE VOCÊ VAI ENCONTRAR O QUE ESTÁ PROCURANDO: http://migre.me/1jG17



"SER JANA OU NÃO SER"


Ser a Jana ou não ser
Eis a sua indagação
Não conseguia nada na vida
Vivia no Norte esquecida
Mas arrumarou uma solução


Entrou até na Jovem Pan
Pra ficar perto de quem era fã
Do jeito que sempre quis
Você é muito formosa
Delicada e carinhosa
Igualzinho a um javaliiiiiii...


Una talento inconformado
Que precisava de inspiraçãooo
O sucesso já estava traçado
A Amanda já tinha sido clonada
E essa era mesmo a intenção!


E na rua quando anda
Por outro nome a chamam
Mas nem faz explicação
O nome dela é Janaíne...
Facinho de confundir com alguém de outra atração


Vejam só como é que é
A mente de uma mulher
Pois é a inveja que comandaaa
Ela uma cópia, uma propagandaaaa
Ela é a Jana ou a Amandaaaaa
Ela é a Jana ou a Amandaaaaa
Ela é a Jaaaaaaaaanaaaaaaaa, ou a Amandaaaaaaaaaaaaaaa!!!


---------------------------------------------


ORÁCULO NO HORÁRIO NOBRE


JANA, JAJANA, RIVAN, RONALD E BOB
AGORA ESTÃO EM HORÁRIO NOBRE

JANA, JAJANA, RIVAN, RONALD E BOB
MUITO BEM VINDOS AO HORÁRIO NOBRE


SE AS 10 HORAS VOCÊ ASSISTIA O TAL DO CQC!
VOU APRESENTAR ALGO MELHOR PARA VOCÊ!

SE VOCÊ VIA BAIXARIA NO SUPERPOP COM A LUCIANA!
AGORA PODE OUVIR, NO ORÁCULO COM A JANA!

E SE VOCÊ ACOMPANHA O CAMPEONATO BRASILEIRO!
ASSISTE AO JOGO NO REPLAY, POIS O ORÁCULO VEM PRIMEIRO!


JANA, JAJANA, RIVAN, RONALD E BOB
AGORA ESTÃO EM HORÁRIO NOBRE


E SE VOCÊ SE DIVERTE COM O CASSETA & PLANETA URGENTE!
VAI RIR MUITO MAIS COM RONALD, O IMPACIENTE!

E SE VOCÊ SE CONSIDERA UMA PESSOA NOVELEIRA!
AQUI VOCÊ PODE ACOMPANHAR A SAGA DO TEIXEIRA!

MAS SE VOCÊ SÓ GOSTA DO ESTILO ZORRA TOTAL!
AÍ QUE NÃO TEM DESCULPA, POIS COM O BOB É IGUAL!


JANA, JAJANA, RIVAN, RONALD E BOB
AGORA ESTÃO EM HORÁRIO NOBRE


RESUMINDO, SE ÀS 10 HORAS VOCÊ PREFERE VER TELEVISÃO!
SIGNIFICA QUE FÃ DO ORACULO VOCÊ NUNCA FOI NÃO!

MAS SE TU GOSTA DISSO TUDO, MAS TB GOSTA DO ORACULO
ENTÃO ESCOLHE LOGO UM E NÃO ENCHE O NOSSO SACOOOOO!


http://www.4shared.com/audio/IC_EptKT/Oraculo_Jovem_Pan_-_08112010_-.html

---------------------------------------------


“TEIXEIRA E PATRÍCIA, UM SÓ AMOR, DUAS LINGUIÇAS!”



TEIXEIRA, SE ENTREGA PARA O TRAVECÃO
JÁ QUE NUNCA TRANZOU, NÃO TEM COMO FAZER COMPARAÇÃO!


TEIXEIRA, ACABA COM ESSA HISTORINHA!
ELE É IGUAL UMA MULHER SÓ QUE DE BRINDE VEM UMA SURPRESINHA!


TEIXEIRA, IMAGINA QUANTA SORTE!
A PATRÍCIA É PARRUDA E VC QUE DISSE QUE QUER ALGO FORTE!


TEIXEIRA, NÃO DÁ MOLE PRO FIASCO!
JUNTANDO DUAS LINGUIÇAS QUASE JÁ DÁ PRA FAZER CHURRASCO!


PENSA, QUE TODAS SÃO IGUAIS...
EU SO NÃO ACONSELHO, VC OLHA PRA TRAS!


MATA 2 COELHOS, COM UMA CAJADADA SÓ
PERDE O CABAÇO DO PÊNIS E DE QUEBRA O DO RABICÓ!


http://www.4shared.com/audio/NhijMWEd/Oraculo_Jovem_Pan_-_05102010_-.html

---------------------------------------------


MELÔ DO VIRGEM VELHO (versão clean)


“ERA UM CARA MUITO ENGRAÇADO, 31 ANOS, AINDA CABAÇO

NUNCA HAVIA DORMIDO COM NINGUÉM NÃO, MAS ELE AFIRMA QUE ISSO É UMA OPÇÃO!

ELE NUNCA TINHA GANHADO NADA, NEM UM BOLA GATO, NEM UMA DEDADA!

NUNCA CHEGOU A BRINCAR DE MÉDICO NÃO! E SÓ VIU SEIOS DURANTE A AMAMENTAÇÃO!




ATÉ PODIA PAGAR UMA PROSTITUTA, MAS O SALÁRIO TAMBÉM NÃO AJUDA!

O SOFRIMENTO ESTÁ PRESTES A ACABAR, POIS OS AMIGOS ESTÃO TENTANDO AJUDAR!

ESTÃO CORRENDO ATRÁS DE UMA NAMORADA, QUE DÊ PRA ELE SEM COBRAR NADA...

SABEMOS QUE ELE NÃO TEM MUITAS QUALIDADES, MAS TE GARANTE FIDELIDADE!



UM CARA ASSIM NUNCA NINGUÉM VIU, FUTURO NOVO EX-VIRGEM DO BRASIL!”


----------------------------------------------


PARÓDIA JANA



“JANAAAA, SEUS LÁBIOS SÃO LABIRINTOS, JANAAA.

SÓ FALTA ME MOSTRAR OS LÁBIOS DA SUA XANAAAAAA!

ME DISSERAM QUE VC MOSTRA PRO RONALD TODA SEMANAAA AAAA AAAA, OW!”


http://www.4shared.com/audio/XUYwppIT/Oraculo_Jovem_Pan_-_14092010_-.html
----------------------------------------------


JINGLE PROGRAMA ORÁCULO



ORÁCULO, ORÁCULO

AUMENTE O SEU RÁDIO O SEU RÁDIO PORQUE JÁ VAI COMEÇAR!

ORÁCULO, ORÁCULO

ABAIXE O SEU RÁDIO SEU RÁDIO SÓ QUANDO FOR LIGAR PRA CÁ!



ORÁCULO, ORÁCULO

O RONALD É LEGAL, MAS NÃO TEM MUITA PACIÊNCIA!

ORÁCULO, ORÁCULO

ENTÃO SE VOCÊ FOR BURRO, LIGUE SÓ NA CONCORRÊNCIA!



ORÁCULO, ORÁCULO

UMA AULA DE HUMOR EM PLENA MADRUGADA!

ORÁCULO, ORÁCULO

PERDEMOS A AUDIÊNCIA, MAS NUNCA A PIADA!



ORÁCULO, ORÁCULO

AUMENTE O SEU RÁDIO O SEU RÁDIO PORQUE JÁ VAI COMEÇAR!

ORÁCULO, ORÁCULO

ABAIXE O SEU RÁDIO SEU RÁDIO SÓ QUANDO FOR LIGAR PRA CÁ!



ORÁCULO, ORÁCULO

NÓS SÓ QUEREMOS AJUDAR, ESSE É O NOSSO LEMA!

ORÁCULO, ORÁCULO

SEJA TARADO OU SEJA VIRGEM, NÓS RESOLVEMOS SEU PROBLEMA!

http://www.4shared.com/audio/h7BTI1xs/Oraculo_Jovem_Pan_-_08092010_-.html

Leia Mais…

18 de outubro de 2010

NATURALMENTE CRIANÇA...

Quem acha que ser criança é fácil, está mais do que certo. Difícil é entender a simplicidade de como uma criança leva a vida. Elas são capazes de mudar de ideia em questão de segundos e após isso, defender essa ideia com unhas e dentes. Ser criança é acima de tudo, ser contraditório. Mas elas não se importam com isso.

Toda criança é artista. Uma folha em branco ou a parede do escritório viram facilmente uma tela de pintura. Assim como o sofá da sala de estar ou a estante da cozinha passam a ser ótimos locais para se fazer acrobacias. A criatividade delas é insuperável. São capazes de transformar qualquer coisa em brinquedo e qualquer animal de estimação em melhor amigo.

Orgulho não é uma palavra que faz parte do dicionário infantil. Crianças não sentem rancor. Elas brigam e perdoam ao mesmo tempo. E para perdoarem, basta ganhar de presente o brinquedo favorito que já se tornam os seres mais felizes do planeta. Mas se quebrar o brinquedo, ficam completamente de mal com a vida, mesmo que só por alguns instantes.

Para a criança, chorar é uma forma de ser notado e sorrir uma maneira de se tornar o centro das atenções. Ou seja, as duas ações refletem quase o mesmo sentimento. Lembre-se que da mesma forma que é fácil fazer uma criança derramar lágrimas também é moleza arrancar gargalhadas e fazê-la chorar de tanto rir.

Ser criança é ser imortal. Mesmo que por alguns momentos. É ignorar o perigo e subir nas árvores mais altas sem sentir um pingo de medo. Mas ficar apavorado com o armário escuro e com o que possa ter de baixo da cama. As crianças acham de verdade que são poderosas como um super herói. Mas só quando os pais estão por perto.

Elas são culpadas e inocentes ao mesmo tempo, conforme a situação. Elas mentem melhor do que ninguém. E são honestas até nas horas mais embaraçosas. No mundo das crianças não existe diferenças e muito menos preconceitos. Felizmente, elas não sabem julgar. Isso é apenas uma das coisas negativas que se aprende com o amadurecimento.

Quem dera se os adultos prestassem atenção nos detalhes como uma criança faz. Elas só dão valor para aquilo que merece ser visto, ignorando tudo o que é irrelevante. Elas valorizar cada gesto e cada arrepio. Não têm arrependimentos e nem peso na consciência.

Saborear a vida como se saboreia um sorvete de chocolate. Assim é a interpretação de uma criança sobre como viver. Só existe um único fator ruim de ser criança: querer ser adulto, para não ter que dar satisfações a ninguém e ser dono do próprio nariz. Mal sabem elas que é o adulto quem vive nostalgicamente querendo voltar a ser criança..!


*CRÔNICA PUBLICADA NO JORNAL ALÔ BRASÍLIA NO DIA DAS CRIANÇAS DO ANO DE 2010!

Leia Mais…

9 de outubro de 2010

Jeito Nostalgic Clown de ser...

Chamativo e contagiante; Além de sarcástico e interessante!
Sutil como um elefante; Contestado e intrigante...


Rir e raciocinar; Refletir com humor que é o certo;
Deixemos de lado de uma vez por todas, o tal do politicamente correto!


Vamos rir do mórbido do incosequente; Do normal ao escrachado;
Vamos rir das verdades inúteis, deste Palhaço exagerado!


Acompanhe o blog, siga o twitter, e para a tristeza dê adeus;
Aproveite com graciosidade o dom da leitura que Deus lhe deu..!



PALHAÇO NOSTÁLGICO
"Porque é da busca pela nostalgia, que se entende a fórmula da alegria..!"



BLOG:
http://palhaconostalgico.blogspot.com
.
.
.
TWITTER:
www.twitter.com/nostalgicclown

Leia Mais…

17 de agosto de 2010

ELEIÇÕES 2010 - MANUAL DE SOBREVIVÊNCIA

Chegamos à época crucial deste ano de 2010. Já tem um més que os mulambos que representaram o Brasil na copa do mundo saíram de cena para dar espaço para a gentalha que pretende representar o Brasil no congresso nacional. Foi aberta a temporada de apertos de mão e beijos na testa do feirante. É a hora dos deputados pegarem as poupanças que eles juntaram durante 4 anos (nas malas, bolsas e cuecas) para fazer suas respectivas campanhas eleitorais.


DICA 1: para sobreviver é muito importante que você não se mate!

Tive acesso a algumas pesquisas e vi que a época de eleição é recordista em número de suicídios, apesar de ser uma saída que funciona essa não é uma prática aconselhável. Portanto, além de não se matar, descubra o que você deve e não deve fazer para suportar esse peíodo pré-eleição com o Manual de Sobrevivência da Encheção Eleitoral.




Dica 2: Não fique em casa!

Horários eleitorais vão invadir sua casa todos os dias pela manhã e também pela noite, para não dar chance de você mudar seu turno no trabalho para tentar escapar. Na hora do almoço e na hora da janta, juntamente com a comida o telespectador tem que engolir também as abobrinhas das propagandas partidárias. Portanto, evite ficar em casa nos horários citados.




Dica 3: Não saia na rua!

Sair de casa e ir para a rua, seja andando ou de carro, também é certo de que você não terá chances de se livrar dessa praga, afinal, além dos cartazes e faixas que se instalam obrigatoriamente em TODOS os postes, paredes pontos de ônibus e até nos próprios ônibus, você vai se deparar com, no mínimo 6 ou 7 carros de som no ultimo volume tocando aqueles jingles sensacionais rimando “povo” com “de novo”, “nação” com “solução” entre outras. (Acredite, você vai sentir saudade dos carrinhos de pamonha). Ou seja: ir para a rua também nem pensar.



Dica 4: Não use nenhum computador!

Como se não bastasse, nessas eleições também está permitido fazer campanha pela internet. O que provavelmente afetará a todos aqueles que conseguiram suportar as outras torturas. Mas fica a dica: desapareça das redes sociais como Orkut, Twitter, Facebook, YouTube ou salas de bate papo se quiser sobreviver a essa fase. Se excluir da vida virtual por um tempo remete a expressão em latim SUVITE DECAE - suicídio virtual temporário devido à campanha eleitoral.




Conclusão: pelo menos até novembro, não se mate, não fique em casa, não saia na rua e nem acesse a internet. Como fugir da política nessa época? Faça passeios com sua família ou sozinho mesmo. Vá no cinema por exemplo. Está passando Lula – O Filho do Brasil e O Bem Amado no cinema mais perto de você!


Essas foram as dicas do Palhaço Nostálgico para as eleições 2010.





Observação: Essa é apenas um visão bem humorada e irônica que na verdade serve como crítica sobre o tema. As eleições e o horário eleitoral devem ser devidamente acompanhados para que a população conheça as propostas e se certifique de que o melhor candidato será eleito para representar sua cidade.

Leia Mais…

19 de julho de 2010

COPA DO MUNDO MAL PASSADA – SERVE 190 MILHÕES DE PESSOAS

Essa definitivamente foi uma copa para se lembrar das coisas que aconteceram fora de campo e para se esquecer do que aconteceu dentro das quatro linhas. Aliás, teve jogo? Bom, de qualquer forma, segue os ingredientes mais significativos do mundial de futebol:


Convocações, treinamento, preparação, expectativa, mobilização, emoção, um pouco mais de treinamento, bandeirinhas para carro, festas, folgas e farras disfarçadas de patriotismo, músicas com o tema da copa e um anão burro. Pegue tudo isso e bata no liquidificador com um time medroso e sem talento, uma bola de outro mundo, uma corneta fabricada no inferno, uma modelo piriguete e um astro de rock muito azarento. Depois recheie com vários frangos e mais um polvo mutante, tire o excesso de ganso e pato, coloque uma pitada de laranja azeda e uma enorme dose de frustração para fechar. Leve tudo ao forno e em 30 dias você terá a copa do mundo de 2010!

Observação: essa receita é difícil de digerir, mas todos brasileiros vão ter que engolir, querendo ou não.

Leia Mais…

SATIRIZANDO A TEMÁTICA: @nostalgicclown SOBRE COISAS DA COPA DO MUNDO NO TWITTER:

Ao invés da geladeira, que está quebrada, a prioridade da família passa a ser comprar uma tv LCD de 42 polegadas! #coisasdacopa



Ao encontrar o vizinho no elevador, ao invés de dizer "E esse tempo hein?", se diz "E essa copa hein?" #coisasdacopa



Minha tia comentando as regras do futebol: "Errado está quem inventou o impedimento ué, o jogador fica na frente porque ele é rápido!" #coisasdacopa



Minha namorada me perguntando se o Kaká vai jogar, sem estar interessada na beleza dele, mas sim no seu bom futebol... #coisasdacopa



Minha avó assistindo jogo que não é do Brasil e ainda me liga pra saber pra quem deve torcer! "Eu torço pro PAR ou pro JAP?" #coisasdacopa



sigam @nostalgicclown!

Leia Mais…

24 de junho de 2010

"LA PANCITA DE DIOS"


Tem gente que não se satisfaz com a simples desgraça e almeja coisas maiores! É o caso do ex craque, ex coca e ex periente técnico argerntino, Diego Armando Maradona. Vamos supor que a Argentina se consagre tri campeã na copa de 2010, (coisa que o Brasil já é a 40 anos), além do descontentamento geral da nação brasileira, o projeto de técnico Maradona ainda prometeu que vai ficar pelado em uma avenida do país do tango. É como se castigasse todo um trabalho dos profissionais que certamente vão ralar muito para chegar até lá. Tem tanta coisa para se prometer não é mesmo, precisa ser algo que atinge traumaticamente a todos?
.
.
Por isso e muito mais que eu faço parte da campanha "PELADO NO"! Portanto, se você tem curiosidade de saber se o Pelé é mesmo "maior" que Maradona torça para a Argentina ganhar a copa. Mas se você tem bom censo colabore e cole o selo no seu blog...
.
.
*ILUSTRAÇÃO: ALEX LEAL (alexlealdigital.blogspot.com)

Leia Mais…

3 de junho de 2010

Twitter do Palhaço Nostálgico

Milhares de pessoas já acompanham as irônicas frases do palhaço nostálgico pelo twitter!!!

www.twitter.com/nostalgicclown

Frases engraçadas, intrigantes, esquisitas
e inultilmente relevantes! SIGA você também;

Leia Mais…

4 de maio de 2010

DICAS DE UM MUTANTE EGOCÊNTRICO

Atenção, o texto a seguir tem um número excessivo de verbos na primeira pessoa. Uma dica para humanidade: não acreditem nessa, que no fundo, todos os homens são iguais. Não se conforme em pensar que a personalidade de todo ser humano se resulta de essências parecidas. Eu por exemplo, me considero um cara diferente. Não apenas um pouco diferente dos outros caras que você conhece, ou diferente da maioria dos caras. Mas acho que sou um cara completamente diferente de todos os caras, rostos, faces ou expressões que se pode ver por aí...
Acho que o termo mais correto para o que sou, seria O cara e não UM artigo indefinido qualquer, embora todos pensem que em tudo o que eu faça, sempre acabo sendo mais UM fazer.
Que fique claro que eu não suporto gente metida, mas a modéstia é sempre aceita, até porque ela não é nem defeito e nem virtude.
Sei que todos se acham únicos, mas confiem em mim, positiva ou negativamente eu sou inigualável. Pois é, sou exatamente aquele que você achava que não existia ou que pensava ser um clichê, mas não chego a ser uma lenda (ainda), até porque lenda é algo que é transmitido através dos tempos.
Confesso que a parte mais difícil de ser diferente é saber que é somente eu que sou. E saibam que não sou diferente por opção, (pelo menos não por opção minha). E não é pela ausência de caras diferentes que sou único, mas pelo excesso escachado de pessoas que não passam de cópias mesmo sem terem essa intenção. O maior erro do ser humano é que todos querem fugir das semelhanças e da própria natureza. Sou diferente porque interpreto o mundo de uma forma não igual a nenhuma interpretação nesse planeta.
Na minha avaliação de mim mesmo, concluí que sempre me contento facilmente com minhas conquistas e com todo o resto, mas quando me contento faço de tudo e mais um pouco para minhas conquistas evoluírem e eu me tornar cada vez mais contente. Essa talvez seja a diferença crucial, e a formula invencível, aceitar o limite que a vida te impõe, até certo ponto. Mesmo sendo limitados, não acreditem que vocês sejam.

Ok, não vou dizer que sei o sentido da vida, mas já posso dizer que sei o sentido de viver! Minha forma de pensar e meu jeito de agir, me ajudaram a formular o segredo de ser feliz. E se você quiser, eu até empresto minha máscara da felicidade, mas, por favor, devolva-me antes de o sábado chegar..!

Leia Mais…

4 de abril de 2010

A CRÔNICA DEFINITIVA DA DEFINIÇÃO DO AMOR

O amor é uma coisa esquisita e esquizofrênica! Um sentimento com leves tendências de loucura e que leva a vítima ligeiramente a falência emocional. Isso porque o amor extermina cruelmente todos os outros sentimentos que antes tomavam seu lugar! O ódio, a raiva, a solidão, o desamparo e até mesmo a carência são completamente esmagados pelo tal do amor. Primeiro ele se disfarça de paixão para não ser mal interpretado, e na primeira chance que tem, entra, sem nem pedir passagem, arromba a porta e a tranca com sete chaves para não ter risco de desistência ou insatisfação.
O amor funciona como um liquidificador de sentimentos! Não somente dos sentimentos agradáveis, mas também dos mais perigosos: medo, ciúme, insegurança, loucura, saudade e por aí vai.
Quando a gente ama, estamos perdidos, porque graças ao egoísmo do amor, nada volta a ser o que era; amar é comprar uma passagem só de ida para um mundo dito “doce”, mas irreal.
Não, não pensem que o amor da moleza! Ele não se deixa iludir com tanto poder, mas também não deixa de iludir a todos os coitados que amam! Por isso os filósofos fazem tanta alusão do amor à fantasia, porque talvez “amor” seja sinônimo para o que é fantasioso! Será que existe mesmo esse sentimento que toma o lugar de algumas de nossas funções cerebrais, que toma conta de nossas próprias vontades, que arrepiam nossos pêlos e cansam nossos lábios de sorrir? E nesse momento me contrario e afirmo: claro que sim! Quem ama sabe o que é o amor, quem não sabe é porque jamais amou, e muitas vezes, quem não ama, é porque não sabe amar!
Que pena dos pobres mortais que convencem a si mesmo de que se amarrar emocionalmente é bobagem, e por isso ignoram vestígios do amor, preferindo viver “soltos”. Tem gente que só se satisfaz com várias paixões ou paqueras, outros com o místico poder de liberdade, e alguns até dizem se satisfazer com a libertinagem! Mas eu, ahhhh, eu...
Eu me satisfaço somente com a insanidade do amor!




Crônica dedicada a minha namorada! Que foi quem me serviu de inspiração, sem eu nem pedir autorização...

Leia Mais…

4 de fevereiro de 2010

O PODER DO DECOTE!

Um decote abre alas, portas, janelas e botões! Arregala os olhos e mostra os dentes em um sorriso, confunde o cérebro, engana o coração e fortalece o músculo. Com ele, a mulher ultrapassa barreiras, obstáculos, muros e seguranças de boates; Alcança novas conquistas, como empregos ou promoções. Acaba com casamentos, namoros e rolos, e pode até começar um casamento, um namoro ou um rolo...

O decote é uma arma com uma só bala, um veneno sem antídoto, um artifício usado poralgumas mulheres para liberar fogos de artifício na mente daquele que o presencia.

Nem um biquíni, nem um sutiã e nem mesmo a nudez se equiparam com o poder do decote! Eles podem vir a qualquer hora, sem nenhum aviso prévio, em qualquer lugar e de qualquer formato. Cuidado homens, não se deixem levar por um simples decote(e nem pelos decotões). Não sei explicar, mas o macho, mesmo não querendo olhar, precisa e necessita de “curiar”, pois o desejo supremo não está naquilo que é proibido, e sim no que está escondido, ou subentendido..!


*CRÔNICA PUBLICADA NO JORNAL "RIR & PENSAR" edição de Janeiro/2010

Leia Mais…

4 de janeiro de 2010

CONIC - Que pátria que te pariu???

Alguns dizem que o Setor de Diversões Sul (famoso Conic) é a cara de Brasília. Outros afirmam que é uma parte descarada da cidade. Na minha opinião, ele tem mil caras e nem deveria fazer parte mesmo do Distrito Federal. Acho até que o Conic tinha que ter outro código de ddd, pois em meio àqueles 18 edifícios, ele se revela um mundo à parte. Eu defino o surgimento do Conic como uma “gravidez acidental” acompanhada por um parto forçado. E após muitas tentativas de conquista fracassadas, a mãe Brasília cisma em esconder, ou em não assumir o filho bastardo.


Nunca ouvi falar em outro local onde “santos” e “demônios” dividem o mesmo ar. As pessoas que vão ao Conic encontram puteiros, cinemas pornô, boates de strip tease, sex shops, loja de artigos de umbanda, além de pessoas de todos os tipos, como homossexuais, travestis e simpatizantes. Tudo isso pertinho da Igreja Universal do Reino de Deus e de outros vários templos religiosos. E são nesses templos que os pastores enfatizam o quão errado é se render aos pecados. Dizem que é pecado beber, fumar, se drogar, se deleitar com os prazeres da carne etc. Hum, logo onde? Na terra sem lei, e consequentemente, sem interpretações sobre o que é errado ou não. Só o purgatório, talvez, que se assemelhe ao Conic em relação à proximidade entre céu e inferno. Mas no Conic não se julga; muito pelo contrário, quem entra lá tem consciência das próprias convicções e sabe se já está condenado ou absolvido! Mas cuidado, pois quem resolve dar uma passeadinha por lá, corre sérios riscos de se salvar, religiosamente falando, ou de se perder em um mundo de tentações.

flickr.com/photos/91115099@N00/111401808/



O Conic já foi o principal centro de cinemas da cidade, mas quase todos se renderam ao dinheiro “sagrado” dos templos religiosos. O único que restou foi o Ritz. Ele foi criado para exibição de filmes cults, mas como o perfil do público que frequenta o Conic mudou, com o passar do tempo, o proprietário também teve que fazer algumas alterações, de acordo com a demanda. Agora o cine Ritz só apresenta filmes pornográficos. Então se você tinha pensado em passar a tarde assistindo Revelações, de Robert Benton, por exemplo, não se assuste se o filme que estiver em cartaz for Revelações de Bruna Surfistinha.
Acredito eu que foi uma boa sacada; uma alternativa a mais para uma parcela das 200 mil pessoas que passam por ali diariamente, se aliviarem da pressão do trabalho.
Acima de tudo, o Conic é um ponto de encontro dos pecados e dos medos. Do medo de pecar e do pecado de viver o proibido. Não é porque o pastor só anda de roupa social e carrega uma Bíblia em baixo do braço que ele não peca; da mesma forma não posso dizer que porque a dançarina da casa de strip tease sobrevive graças à venda do corpo, que ela também não ora. Sinceramente, não duvido que ao final da tarde, alguns religiosos trocam as preces finais dos cultos pelas carícias breves dessas strippers.

Nessa hora fatídica, em que o sol se despede, o Conic muda completamente. Durante o dia mulheres trabalham com avental para divulgar serviços de “autoescola” ou “aparelhos dentários”. Essas trabalhadoras dependem do número de clientes que conseguirem para juntar no máximo um salário mínimo no final do mês. À noite, as quase senhoras saem de cena para a chegada das quase crianças e dos personagens que vão lá para se libertar, para escancarar as próprias personalidades e jamais se arrepender daquilo o que fazem ou deixam de fazer.

Não pense que a contradição no Conic se limita apenas ao pecado e ao sagrado; ao dia e à noite. Lá, tudo se mistura: policiais se esbarram em traficantes, adolescentes se topam com senhores, mendigos se misturam com políticos; e dentistas e advogados trocam figurinhas com tatuadores e cafetões.

O Conic sempre viveu com uma crise de identidade, diferente das pessoas que o frequentam. Pessoas que sabem plenamente quem são e do que gostam. Já tentaram exorcizar o Conic e acabar com todas as igrejas, mas se o Conic virar terra de uma só voz, não seria mais o Conic. Lugar sem rótulo e sem regra, onde milhares de tribos se aturam ou simplesmente convivem entre si.Nova York tem Times Square, Salvador tem Pelourinho, Brasília tem Conic. Cada cidade tem o centro de diversões que merece, e não hesito em afirmar que Brasília merece o Conic. Só não sei se o Conic merece Brasília...





*CRÔNICA PUBLICADA NA REVISTA "CONTRAMÃO": http://www.uniflip.com/catalogs2/4729/22645/pub/index.html

Leia Mais…

22 de dezembro de 2009

ENTREVISTA: “MARCELO TÁS NÃO AJUDA EM NADA” diz Rafael Cortez

Em Dezembro de 2009, mais precisamente no dia 7, uma segunda feira, eu estava em um evento no prédio da procuradoria geral da república em Brasília. Um prédio enorme, chique e todo espelhado.
Estava acontecendo no salão social a solenidade do Prêmio Congresso Em Foco, que homenageia os políticos mais bem votados pelos internautas e jornalistas. Quem também estava lá cobrindo o evento, era o Rafael Cortez, humorista e repórter do CQC (Custe o Que Custar), programa humorístico da TV Bandeirantes (para mim, um dos 3 melhores programas da televisão brasileira). Enquanto ele esperava a solenidade se encerrar para caçar entrevistas com os políticos, eu fiz uma breve, e exclusiva entrevista com esse digníssimo jornalista. Mas um detalhe, a entrevista foi feita sem ele saber, como se eu fosse um fã curioso qualquer. No começo não tinha intenções nenhuma de apurar fatos, mas com o desenrolar da conversa e como bom jornalista cara de pau e oportunista que sou, não podia perder o furo. Acompanhe a entrevista na íntegra e descubra revelações exclusivas feitas pelo repórter:




PALHAÇO NOSTÁLGICO: ENTÃO RAFAEL, VOCÊ FEZ JORNALISMO?



RAFAEL CORTEZ: SIM, SOU FORMADO EM JORNALISMO PELA PUC.



PALHAÇO NOSTÁLGICO: DA TURMA DO CQC, QUEM MAIS TEM O DIPLOMA DE JORNALISMO:



RAFAEL CORTEZ: EU, O RAFINHA E O ANDREOLI, OS OUTROS SÃO FORMADOS EM OUTRAS COISAS. NEM MESMO O TÁS (MARCELO TÁS, APRESENTADOR DO PROGRAMA) QUE SE DIZ O JORNALISTA E TAL TEM DIPLOMA.




PALHAÇO NOSTÁLGICO: ESCUTEI NA RÁDIO MIX, O OSCAR FILHO DANDO UMA ENTREVISTA E AFIRMANDO QUE O MARCELO TÁS SÓ APARECE PARA APRESENTAR E VAI EMBORA, É VERDADE?



RAFAEL CORTEZ: NOSSA, O OSCAR FALOU ISSO?



PALHAÇO NOSTÁLGICO: SIM!



RAFAEL CORTEZ: CORAJOSO! MAS É ISSO MESMO! ELE NÃO É NEM UM POUCO PRESENTE! QUASE NÃO DÁ AS CARAS, ELE É SOMENTE O APRESENTADOR. PRECISA ACABAR ESSA IMAGEM QUE TEM QUE ELE É O CHEFÃO, ELE DÁ ENTREVISTAS COMO SE FOSSE, MAS NÃO É.



PALHAÇO NOSTÁLGICO: NÃO É ELE QUEM COMANDA A TURMA? QUEM DEFINE PAUTAS E ETC?



RAFAEL CORTEZ: NÃO! DE JEITO NENHUM. TUDO O QUE A GENTE FAZ, TODO FURO QUE EU JÁ DEI EU DEVO AO MEU PRODUTOR E MEU CAMERA, ELE NÃO AJUDA EM SIMPLESMENTE NADA NESSA PARTE. NUNCA AJUDOU...



PALHAÇO NOSTÁLGICO: ENTÃO, VOCES NÃO GOSTAM DELE?



RAFAEL CORTEZ: AH, ELE É INDIFERENTE PARA MIM, NÃO FAZ DIFERENÇA. A PRESENÇA DELE LÁ FOI MUITO IMPORTANTE NO COMEÇO DO PROGRAMA PORQUE ELE É UM CARA CONHECIDO DESDE MUITO TEMPO, TEM UM NOME...ENTÃO ERA MUITO MAIS FÁCIL CHEGAR NOS LUGARES ONDE NINGUÉM CONHECIA A GENTE E FALAR QUE ERA DO PROGRAMA DO TÁS. ISSO ABRIA MUITAS PORTAS.



PALHAÇO NOSTÁLGICO: MUITO SE FALA SOBRE UMA “RICHA” OU RIVALIDADE COM O PÂNICO NA TV. ISSO EXISTE?



RAFAEL CORTEZ: NUNCA EXISTIU. É SÓ PAPO DA IMPRENSA.



PALHAÇO NOSTÁLGICO: SEMPRE QUE VOCE ESBARRA POR AÍ COM UM INTEGRANTE DO PÂNICO VOCES SE COMPRIMENTAM?


RAFAEL CORTEZ: CLARO, SOMOS PARCEIROS! NÃO TEM ESSA NÃO...




* SEGUE O LINK DA MATÉRIA: http://www.youtube.com/watch?v=KwTtHlHbCTY

Leia Mais…

4 de setembro de 2009

DES-GRADUANDO

Conseguiram! Os representantes do povo brasileiro conseguiram tirar a obrigatoriedade do diploma de jornalismo para aqueles que desejam atuar na área. Querem saber minha inútil, porém relevante opinião? Isso está certíssimo! Tirem o diploma do profissional de jornalismo mesmo elite mascarada. Mas tirem também o distintivo do policial, a carteira de motorista dos que dirigem e ai por diante. Afinal de contas, cuidar da segurança da população, manusear um automóvel e noticiar de acordo com as normas e a ética jornalística são tarefas que qualquer macaco é capaz de fazer.
Deixemos os jornalistas formados, que estudaram, ralaram e sentaram a bunda nas cadeiras de uma universidade durante 4 anos competirem vaga com engenheiros mecatrônicos, chefes de culinária, carpinteiros ou quem sabe com recém formados em algum supletivo do ensino médio. Por que não? O poder de manipulação que o comunicador exerce não precisa ser levado em conta! Pois de nada interessa entender sobre os critérios de um texto jornalístico, a ética na comunicação, como apurar, editar ou divulgar uma notícia. Aliás, não sei para que ainda estou na faculdade e pagando tão caro para obter um pedaço de papel que a partir de agora vale tanto quanto uma nota furada ou um pedaço de papel higiênico usado!

E pra que a justiça federal iria se preocupar com falcatruas, delitos graves de corrupção, com o desemprego, a fome ou com coisas mais sérias e extremamente urgentes? É melhor retroceder, e tirar mais direitos dos que merecem! Só assim o Brasil vira um país ideal..!


* Pensando bem, tirar a obrigatoriedade do diploma de jornalismo foi um grande passo na luta contra a desigualdade social no Brasil não é mesmo? Assim, de um dia para o outro, todos viraram profissionais..!




NÃO RECLAMEM QUANDO CHEGAR NESTE PONTO!

Leia Mais…

SATIRIZANDO A TEMÁTICA:

Esses dias, após a divulgação de que o diploma de jornalismo perdeu a validade, eu fiz uma piada com um amigo meu que trabalha no Dogão aqui da frente do meu trabalho:


- Aí Raimundo, como agora meu diploma não vale nada mesmo, será que você não arranja uma vaguinha pra mim lá na lanchonete não?
Ele respondeu:



- Ué, já que está assim, será que você não arranja uma vaga pra mim aí na redação também? Agente faz uma troca! E pode ficar tranqüilo que lá no Dogão também não estão exigindo diploma não!

Leia Mais…

4 de junho de 2009

A verdade soberana sobre a INFIDELIDADE


Viver com uma pessoa requer exclusividade! Quem disse? Na teoria pode até ser, mas isso não confere com a prática. Hoje em dia, o difícil não é conseguir manter uma relação séria, e fazer dela duradoura enquanto dure. O que é difícil é fazer uma relação séria durar, sem colocar os chifres no meio. Você por exemplo caro leitor, já traiu? Já foi traído? Se não, pode fazer suas trouxas, pois você não é desse planeta. Planeta esse que ficou tomado pela violência, pela mentira, pela corrupção e agora a infidelidade apareceu e está ficando cada vez mais evidente. Em uma pesquisa realizada pelo Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo (USP), foi comprovado que apenas um em cada quatro brasileiros esperam que o parceiro seja 100% fiel. Ou seja, aquele que é adepto a infidelidade ganha cada vez mais seu espaço, e até aqueles pelos quais os corações ainda não são feitos da mais pura rocha estão erroneamente se acostumando com isso. Em um século tão moderno em que as inocentes crianças (se é que ainda pode chamá-las assim), são tão atualizadas e desencanadas de certos valores, a traição perdeu até status de algo ruim, ou algo errado. O adolescente, por exemplo, trai pela necessidade de se misturar, de ter histórias para contar aos amigos e para se tornar o “galinhão” da galera! Muito sensato né? O homem diz que trai por instinto, enquanto a mulher por valores emocionais ou vingança! Tudo uma balela, tudo calúnia. Quem trai é covarde, e não dá a chance para provar para si mesmo que teria argumentos suficientes para explicar ação tão ridícula em um mundo tão moderno! Não existe mais o amor cintilante, e sim o amor por amar, por querer amar, até não querer mais, e cansar de amar. Quer saber? Traia! Engane e dilacere corações por ai, e para quem pensa que isso é normal, dê uma voltinha na sua própria consciência, acompanhado de seu orgulho e seus sentimentos falsos, e verá que, não é, nunca foi e nem será normal amar por amar, mentir por mentir, e trair porque está na moda. E se você acha que só os homens cometem atos de infidelidade com tal freqüência, está enganado. O tal "sexo frágil" adquiriu juntamente com sua independência a habilidade e a vontade de trair, e isso é o que faz algumas mulheres perdoarem também. O mundo é machista, os homens são machistas e até ELAS estão aceitando o machismo! Sim, a própria mulher brasileira já acha normal colecionar chifres e distribuí-los de vez em quando. Estou generalizando? Bulhufas! Estamos sim nesse nível. Converse com pessoas que se dizem modernas e atualizadas demais e que pensam viver o futuro, quando na verdade estão aprisionadas a conceitos velhos de culturas machistas, por exemplo, e verá os sábios conselhos que elas lhe darão. De acordo com esse povo que defende conceitos ULTRApassados, quem não trai ou é mane, ou é traído..em casos extremos, um(a) mane “corno(a)”. Portanto, se quer se relacionar com outro ser humano, e construir uma vida a dois, cuidado com as decisões que toma, pois para toda traição, existe uma reação..e isso pode refletir em seu futuro mais do que se espera!

Leia Mais…

SATIRIZANDO A TEMÁTICA: fidelidade (ao mundo moderno)

Em meio aos preparativos para o casamento, a noiva conversa com uma das madrinhas:

- Pois é! Estou muito nervosa...

- É. Decidir se casar é uma decisão e tanto!

- Não é por isso! Estou preocupada com os preparativos, ainda falta muita coisa! E começar um casamento sem organização não dá!

- Ah, mas é sempre assim! Na hora tudo acaba se ajeitando...

- Não! Eu ainda não escolhi o vestido, eu e meu noivo não mandamos os convites para os convidados, ele ainda não arranjou nem casa para morarmos, e o pior...

- O que?

- Ainda nem decide quem vai ser meu amante!

- Nossa querida, você ta enrolada mesmo! Isso é o mais importante...Indagou a amiga vivendo intensamente o mundo moderno!

Leia Mais…

4 de maio de 2009

A ONDA DAS MULHERES COMESTÍVEIS


Foi-se o tempo em que Gretchen e Carla Perez eram musas inspiradoras no universo da dança. A mais nova sensação nos palcos desse país a fora são as dançarinas de FUNK e seus singelos nomes artísticos. As funkeiras encarnam personagens para enfatizar melhor seus tipos físicos e quase todos os apelidos são ligados à gastronomia (se é que podemos interpretar dessa forma). Como se o FUNK já não fizesse apologia suficiente ao sexo, agora até as próprias “artistas” se denominam como gostosos aperitivos, ou objetos comestíveis. Tudo para deixar a platéia com “água na boca”.
Mulher Melancia, Mulher Melão, Mulher Morango e até a Mulher Filé desfilam por aí com um orgulho imenso dos apelidos e dos recheios que preenchem as curvas esculturais que possuem. Daqui a pouco aparecem também a Mulher Pernil, a Mulher Chester e a Mulher Chuleta na Brasa.
O que não pode deixar de ser citado é que de nada adianta distorcer tanto a criatividade para tentar obter fama, pois sabemos que na verdade a maioria dessas aqui citadas esconde no seu interior, a Mulher Camarão, cuja cabeça é distinta do lindo corpinho!

Leia Mais…

4 de abril de 2009

SATIRIZANDO A TEMÁTICA: Propaganda Liquidificador MC



O LIQUIDIFICADOR QUE NÃO É A DANÇA DO CRÉU, MAS TEM 5 VELOCIDADES!
COMPRE JÁ O SEU!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Leia Mais…

3 de março de 2009

CEREBRANDO


O ser humano é capaz de usufruir seu raciocínio para adquirir conhecimentos. Mas nenhum, eu disse, nenhum homo sapiens tem total controle das coisas que raciocina. O cérebro é o órgão mais importante de todo corpo, e juntamente com sua importância vem à capacidade e o poder cerebral que muitas vezes nem damos muita atenção. Os sonhos que temos quando dormimos é uma prova do poder de domínio e manipulação que nossa mente e pensamentos exercem sobre nós. Outra prova é a nossa memória, ela só não nos domina por completo, pois ainda temos um pouco de livre arbítrio para escolher em que pensar, ou não. Mas nem sempre é da mesma forma, assim como coisas boas, que são capazes de refletir boas vibrações para o futuro, a memória também armazena coisas ruins, principalmente as piores! Com tal capacidade, ela se tornou à praga daquele que quer esquecer o que tem que ser esquecido, e necessita de continuar a viver, sem continuar ferido..
Não sei como o fato de vivermos, trabalharmos, pensarmos e criarmos somente com 10% da capacidade do cérebro não assusta qualquer um, pois se pudemos nos tornar seres tão evoluídos com somente 1/10 do poder cerebral, imagina com metade da capacidade, imagine com 100% de suas funções! Seriamos como mutantes, ou super-heróis, capazes de voar, tele-transpotar, queimar e congelar objetos, transmitir informações via telepatia e etc.
Portanto não releve os filmes e histórias de ficção, pois se o ser humano foi capaz de usar a “cuca” para pensar em coisas desse tipo, quem sabe também seremos capazes de vivenciar tais absurdos, que são reais na mente daquele que mentaliza.
.
.
.
OBS. CRÔNICA RETIRADA DO MEU FOLHETIM: NOSTALGIA

Leia Mais…

3 de fevereiro de 2009

Dis(correndo) sobre o tempo

Muitas pessoas, que fingem ser entendedoras do assunto, dizem que o tempo é indefinível por palavras e que é o melhor caminho para se adquirir experiência. Outros afirmam, sem medo, que ele é algo relativo, ou como já cantavam os integrantes da banda Pato Fu: “Tempo, tempo mano velho, falta um tanto ainda, eu sei. Para você correr macio”. Para mim, o tempo não passa de uma bela desculpa esfarrapada, quando mencionado em algumas situações. E é para exemplificar alguma dessas situações que esse texto foi feito. Portanto, não perca tempo e leia o que tentarei explicar, mas já peço desculpas antecipadamente, se por acaso não agradar as expectativas daquele que deseja uma resposta extremamente bem elaborada. É que o tempo para redigir essa crônica foi curto.Bom, aqui começam meus argumentos. Um dia desses, estava eu intrometido em uma conversa entre anciãos (homens e mulheres com idade superior a 60 anos, antes disso para mim são adultos), quando, de repente, um senhor disparou a frase: “No meu tempo, os jovens respeitavam os mais velhos”. Sinceramente, daqui a 50 anos também irão dizer que, nos tempos de hoje, os jovens respeitavam os mais velhos, o que pode ser mentira, ou não, mas os adolescentes dessa futura geração acreditarão fielmente nessa desculpa de que, no passado, os tempos eram melhores. E o pior é que nunca vão descobrir se isso é mesmo verdade. Outro bom exemplo para provar que o “tempo” em si só é mencionado como objeto de desculpa é aquela situação de “pé na bunda”, em que o deprimido(a) desabafa as mágoas no ombro amigo, ― coitado ― e escuta aquele célebre conselho: “Relaxa que o tempo cura tudo”. Típica fala de quem não sabe o que dizer, pois após passar um tempinho, tudo pode simplesmente ficar melhor, ou piorar drasticamente. As conseqüências variam conforme a situação. Mas o que realmente interessa é que, nesse momento, o que o desiludido(a) necessita não é ouvir que em um futuro desconhecido a ferida irá se curar. E de quanto tempo isso se trata? Meses? Anos? Seria bom se as pessoas parassem de se “pré-ocupar” com hipóteses e tentassem dar conselhos que sirvam para o presente.
Olha, se segurem nas respectivas poltronas que vou revelar a cruel verdade: o tempo (seja lá o que for) é algo inarrativo, não pode ser interpretado por qualquer leigo (assim como eu). Os adolescentes que reclamam que ele passa rápido demais, os moradores do interior desprovidos de tecnologia que afirmam que ele passa devagar, assim como Cazuza, que o define em um clichê, estão completamente errados. O tempo não pode ser reduzido a tão pouco, e nem definido com tanta facilidade. Só se sabe que ele sempre decorreu exatamente igual. O relógio analógico só vai marcar a passagem de um minuto para outro, se o ponteiro dos segundos der a volta completa e se movimentar 60 vezes, (a não ser que ele esteja com algum problema de mecanismo), ou seja, depois da invenção dos ponteiros do relógio nem precisaria mais questionar a constante regularidade do tempo, muito menos abusar dele quando não se tem outra desculpa. E se você não faz idéia de quando inventaram os ponteiros, ― por favor! ― já faz tanto tempo que nem me lembro mais.

Leia Mais…

3 de janeiro de 2009

Entrevista (imaginária):



Sobrenatural de Almeida é um grande e sinistro personagem do futebol brasileiro. Conhecido por aparecer repentinamente fazendo gols espíritas e depois sumir por um tempo, ele declara na entrevista oferecida para o Palhaço Nostálgico que gosta de sua vida inconstante:


Palhaço Nostálgico: Primeiramente, qual seu time do coração Sr. Almeida?


S. de Almeida: Bom, sou carioca, e como bom carioca não poderia deixar de ser Fluminense (risos).


Palhaço Nostálgico: Todos sabem que Nelson Rodrigues também é tricolor fanático, e sempre que possível ele comenta sobre seus feitos. Qual sua relação com ele?


S. de Almeida: Ele sempre foi um grande amigo e confidente meu. Na vida e na morte.


Palhaço Nostálgico: Falando mais do seu “trabalho”. Você tem uma rotina?


S. de Almeida: Não, trabalho quando quero. Não é em todos os jogos que dou o ar da graça, se não fica muito manjado. Gosto da minha vida inconstante.


Palhaço Nostálgico: Em que momentos que você se inspira para fazer seus gols “milagrosos”?


S. de Almeida: É simples, naqueles momentos em que os jogadores não conseguem vitórias por eles próprios, eu desço e só o que faço é dar uma forcinha.


Palhaço Nostálgico: Desce? Desce de onde?


S. de Almeida: Desço do céu, paraíso, já ouviu falar?


Palhaço Nostálgico: Já sim. Mas como destingir lances protagonizados pelos jogadores dos seus?


S. de Almeida: É fácil perceber quando estou em campo. Sempre que acontece aqueles gols estranhos nos últimos minutos de jogo pode ter certeza que estou por lá.


Palhaço Nostálgico: Pois é, uma curiosidade, você costuma sempre agir nos minutos finais dos jogos decisivos. Porque espera até os últimos estantes?


S. de Almeida: O último minuto é o mais mítico dos momentos de uma partida de futebol. E eu tenho que esperar mesmo, porque às vezes os próprios jogadores protagonizam certos milagres em campo. Mas claro sempre incomparáveis com os meus. (risos)


Palhaço Nostálgico: Quais são suas artimanhas para fazer acontecer esses lances de forma totalmente convencional e estranha?


S. de Almeida: Olha, quando preciso evitar gols costumo pousar no travessão defendido pelo Fluminense, mas se for preciso fazer gols vou para o ataque e apronto as mais inverossímeis surpresas para o time adversário.


Palhaço Nostálgico: Quais são os critérios que o senhor usa para “entrar” em campo?


S. de Almeida: Bem, por dever de ofício, eu não declino meus critérios. Numa disputa de pênaltis, por exemplo, minha atenção se volta para aquelas linhas de jogadores abraçados que se formam no meio do campo, assim, posso avaliar quais os sinceros e quais os que apenas fingem fervor místico, para premiar os sinceros e punir os fingidores, mas isso é apenas adivinhação.



* conteúdo retirado da revista iDéia;

Leia Mais…

3 de dezembro de 2008

Apenas mais um conto...

Nunca entendi porque a preguiça é considerada um dos sete pecados, afinal dentre todos é o pecado mais involuntário que existe. Vou relatar um fato incrível, com a conclusão bem esclarecedora de minhas opiniões. Na cidade de Godar, que fica ao norte da Dinamarca, morava um amigo meu chamado Esters, cujo apelido era Sloth. Mudou-se para a Inglaterra há um mês após passar em um concurso que ele fez pela internet, o que não precisou de muita disposição. O concurso era para selecionar funcionários para trabalhar em uma usina nuclear, mas as funções que, aqueles que passaram, teriam que desenvolver só seriam ditas no local da usina, na cidade de Brighton. Sloth comprou uma passagem de trem, também pela internet, e três dias depois já ia em direção a Brighton. No primeiro dia de trabalho, Sloth foi vestido sem gravata e sem o paletó que eram obrigatórios a todos os funcionários, não tinha gravata em sua mala, ficou com preguiça de comprar, e sem uma gravata, o paletó não se fazia necessário. Mas não foi isso que deixou o chefe dele com raiva. Ele atrasou exatos 52 minutos para a apresentação, e antes mesmo de saber suas tarefas e funções, e até antes mesmo de saber o nome de seu chefe, Sloth já foi questionado com relação a sua pontualidade e consequentemente, sua capacidade de trabalhar naquela empresa. Os argumentos que foram usados por ele foram simples: “Desculpe-me, mas tenho indisposição de ter capacidade para tomar iniciativas sem algo extremamente motivador, que me estimule; e nessas horas os músculos dos meus membros inferiores e superiores e todos os sentidos do meu corpo fazem de mim um doente, ou simplesmente um acochambrador”. Seu chefe ficou furioso e na mesma hora se levantou da cadeira e fez algo impensável e devastador , cujo agora estou com uma certa preguiça de contar...

MORAL: A PREGUIÇA NÃO TEM SENTIDO, E ESSE TEXTO MUITO MENOS;

Leia Mais…

6 de novembro de 2008

Black Power

Não sou entendido de política e nem ao menos politicamente correto com minhas indagações. Mas sou entendido de realidade pois vivo e sobrevivo de sua cruel interpretação. Realidade essa em que seres humanos julgam, conceituam e subtraem outros da mesma espécie simplesmente, somente e miseravelmente por causa da diferente cor da pele. Como se o tom da cor daquela pessoa fosse mais importante do que todos seus sentimentos, pensamentos, inteligência e integridade ali também mantidas. Isso se chama racismo, algo marcado no passado e que ainda deixa negros marcados no presente. Negar que o racismo ainda existe é burrice. Mas certa vez, um homem disse que tinha um sonho, e ao meu ver, mas do que nunca todos aqueles adormecidos, que se deitavam em seus leitos e apenas sonhavam com um mundo justo, estão prestes a acordar. O Black Power está mais evidente do que nos anos 70 quando os jovens negros deixavam seus cabelos crespos crescerem, sem definição, pois não estou falando do movimento e nem do penteado. Falo de Black Power no sentido literal da palavra, o poder negro! E para quem ainda duvida do B.P., aqui estão pequenas amostras:




- O REI DO FUTEBOL: O NEGRO EDSON ARANTES DO NASCIMENTO
- O REI DO BASQUETE: O NEGRO MICHAEL JORDAN
- O REI DO GOLFE: O NEGRO TIGER WOODS
- O REI DO PLANETA: O NEGRO Barack Hussein Obama!



EXATAMENTE!
Dia 05 de novembro de 2008, a esperança do racismo ao menos diminuir, é real. O homem mais poderoso da face da terra é negro. Engulam e se engasguem com essa, racistas estúpidos. O presidente dos Estados Unidos da América, um país tão preconceituoso e dividido pelo fator racial, é um negro, um negro (e eu não me canso de repetir isso)!!!!!!!!!!!!!!!!!
!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Leia Mais…

3 de novembro de 2008

Prazer..!


MEU LADO PALHAÇO CISMA EM ZOMBAR DA ROTINA, MAS MEU LADO NOSTALGICO CISMA EM NÃO EM ESQUECER QUE NEM SÓ DE HUMOR VIVE O VERDADEIRO PALHAÇO..E A CADA MOMENTO DE NOSTALGIA, TENHO MAIS CERTEZA DE QUE A VIDA NÃO É SÓ ISSO..!

Leia Mais…